Entrar

Resgate a Angola: FMI sem capital suficiente, financia-se junto de Isabel dos Santos

O FMI ainda não decidiu se irá ou não ajudar Angola, depois do pedido oficial feito esta semana pelo governo angolano.

O Fundo Monetário Internacional mostra-se hesitante quanto à possibilidade de intervir em Angola. Segundo fontes bem posicionadas, os altos oficiais do FMI dizem não saber o que recomendar ao governo angolano: os ordenados dos mais pobres já são miseráveis, os serviços do Estado são escassos, os apoios sociais inexistentes, os direitos dos trabalhadores não estão muito melhor, o desemprego atinge níveis muito altos. "Parece-me tudo perfeito e num bom caminho, Angola é um dos modelos internacionais nos quais nós baseamos as nossas recomendações. Não vejo como possa ajudar na reforma do estado angolano", disse um dos economistas-chefe.

Mas o problema pode agravar-se se for necessário um resgate para tapar os buracos cavados nas contas públicas. "De qualquer maneira, o desvio por lá deve ser de tal maneira que nem nós vamos ter dinheiro para aquilo", comentou o mesmo economista-chefe, concluindo que "se for mesmo preciso um resgate de urgência, temos de tentar obter financiamento junto à Isabel dos Santos, é das poucas que talvez nos consiga ajudar."

 

 

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Céu limpo

16°C

Lisboa

Céu limpo

Humidade: 50%

Vento: 11.27 km/h

  • Dia soalheiro
    18 Nov 2017 20°C 6°C
  • Dia soalheiro
    19 Nov 2017 20°C 10°C