Entrar

Paulo Rangel abre caminho para o regresso de Relvas

No Congresso do PSD, Paulo Rangel surpreendeu o país ao dar o seu contributo para que haja uma maior mobilidade social na sociedade portuguesa.

Para Rangel, os documentos públicos oficiais que tenham o nome de uma pessoa, não devem ter qualquer título académico antes do nome. A medida foi bem recebida por um certo sector do partido, mais afecto a Relvas, pois permite resolver o problema com que o antigo Sr. Dr. se depara actualmente: a dificuldade de voltar à política, nos seus círculos, sem o "Sr. Dr".

No entanto, a medida não agradou à maioria do partido, principalmente às bases. É que apoiar esta medida significaria que já não teriam o prazer de tratar especificamente o ex-Primeiro Ministro José Sócrates apenas por "José Sócrates", sem o "Eng." a anteceder (ou fazendo aspas com os dedos ao pronunciar a palavra "engenheiro"), como gostam de fazer, como que a relembrar o polémico caso da sua licenciatura. E entre perder estes pequenos prazeres da vida ou ter Relvas de volta, as bases preferem que Relvas fique onde está.

Durante muito tempo.

 

 

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Céu limpo

16°C

Lisboa

Céu limpo

Humidade: 50%

Vento: 11.27 km/h

  • Dia soalheiro
    18 Nov 2017 20°C 6°C
  • Dia soalheiro
    19 Nov 2017 20°C 10°C