Entrar

Titulares de subsídios aconselhados a postar queixas, lamentações e fotos da sua miséria no Facebook

Depois de se tornar público o caso de uma mulher que perdeu o Rendimento Social de Inserção (RSI) por na brincadeira ter declarado no Facebook que ia viajar para a Suiça, quando na verdade ia ser hospitalizada, vários funcionários da Segurança Social têm aconselhado os titulares de subsídios a melhorar a qualidade dos posts que fazem no Facebook.

"Percebo perfeitamente o erro", diz-nos Marta Martins, funcionária da Segurança Social de do Areeiro, que explica: "Ás vezes é complicado perceber quando os posts são ou não a brincar. De vez em quando ainda chamo uma colega para dar uma segunda opinião sobre as coisas que vou lendo no Facebook durante o dia, mas nem sempre é possível porque também convém ir atendendo uma ou outra pessoa das centenas que estão geralmente à espera para serem atendidas. Efectuar esse controlo de conteúdos do Facebook não é fácil, porque existem sempre algumas pessoas mal intencionadas que acham que não as estamos a atender porque estamos no Facebook. Isso não é verdade, nós estamos no Facebook mas é a trabalhar".

Quanto aos conteúdos que os titulares de subsídios devem colocar no Facebook, Marta Martins é clara: "As fotos de paisagens são as mais perigosas. Se colocarem uma foto de algum local muito bonito, devem sempre acrescentar uma nota explicitando por exemplo o quanto gostariam de um dia ir a esse local, ou algo assim parecido, para que não passe a ideia de que a foto foi tirada por vós, no estrangeiro, ou num local muito longe de casa. É ainda desaconselhado que postem fotografias de pratos de sushi, marisco ou simplesmente uma mesa demasiado farta, pois não é suposto quem recebe um subsídio poder comer assim tão bem. À terceira foto de sushi no mesmo ano, o subsídio é retirado". Mas nem só fotos de viagens e comida podem ser problemáticas, diz-nos Marta: "Murais demasiado positivos também chamam a atenção. Aquelas imagens com mensagens de esperança, ou de força, ou de energias positivas em geral, podem levar à abertura de uma investigação para apurar porque razão uma pessoa naquela situação está tão optimista".

Ainda em relação aos posts do Facebook, Marta aconselha: "Quem queira jogar pelo seguro, deve colocar de tempos a tempos posts que indiquem claramente a sua frustração, as dificuldades que estão a enfrentar, a perda de esperança, e principalmente o quão agradecidos estão, ao Estado, pela ajuda que recebem todos os meses. Se puderem ilustrar com fotos, melhor. Os beneficiários que melhor cumpram estas recomendações, são os que têm mais chances de virem a ser chamados para trabalhar para a própria Segurança Social."

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Nublado

22°C

Lisboa

Nublado

Humidade: 59%

Vento: 11.27 km/h

  • Muito nublado
    16 Out 2018 22°C 15°C
  • Aguaceiros
    17 Out 2018 21°C 14°C