Entrar

Calão português a caminho de ser património imaterial da humanidade

Calão português a caminho de ser património imaterial da humanidade ITU Pictures (CC BY 2.0)

Grupo de especialistas levará proposta à ONU, depois de ver aprovada a classificação para o "portuñol".

Um grupo de especialistas internacionais, oriundos de lugares tão diferentes como a Cova da Moura, Rabo de Peixe, Caxinas ou Fuseta, está a considerar candidatar o calão português a património imaterial da humanidade.

Jeitoso, porta-voz do grupo, explica que a iniciativa partiu do maior especialista em calão português, o Gordo, mas que foi rapidamente acolhida por «todos os manos», desde o Fininho, ao Naifas, do Facadas, ao Zarolho.

«Se toda a merda agora é património da UNESCO, porque caralho não havemos de propor que a puta do calão também o seja, foda-se?», pergunta Jeitoso. 

Num comunicado enviado às redacções, a Organização das Pessoas que Escrevem com Erros Ortográficos congratula-se com a ideia, dizendo mesmo que «ce tivér sosseçu, fare-mos a mexma coiza».

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Parcialmente nublado

17°C

Lisboa

Parcialmente nublado

Humidade: 87%

Vento: 22.53 km/h

  • Céu praticamente limpo
    21 Jul 2018 25°C 17°C
  • Parcialmente nublado
    22 Jul 2018 24°C 17°C