Entrar

Referendo: Grécia decide hoje se morre por guilhotina ou doença prolongada

Hoje é o dia de todas as decisões, gregos são chamados a decidir sobre o futuro do país.

Segundo as últimas sondagens, a morte por doença prolongada leva algum avanço, mas a morte por guilhotina aparece logo a seguir. Muitos gregos confessam-se indecisos sobre o que fazer com o país, e dizem que só no momento de colocar o voto é que irão decidir. Diversos analistas dizem que no momento da verdade, as pessoas irão escolher a opção da doença prolongada, por lhes ser mais familiar e mais confortante.

O Primeiro-Ministro Alexis Tripas tem feito ampla campanha pelo guilhotina, na esperança de que a cabeça a rolar não seja a sua. Por outro lado, a Europa tem feito grandes pressões para conseguir mais votos na doença prolongada, pois considera que, apesar de o remédio que tem consecutivamente aplicado se revelar -por mera teimosia - ineficaz, ainda vai a tempo de salvar o doente, dando-lhe a provar mais do mesmo.

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Céu limpo

8°C

Lisboa

Céu limpo

Humidade: 69%

Vento: 22.53 km/h

  • Dia soalheiro
    16 Dez 2017 12°C 7°C
  • Dia soalheiro
    17 Dez 2017 12°C 5°C