Entrar

Crianças palestinianas poderão ter forçado Israel a cometer crimes de guerra

Crianças palestinianas poderão ter forçado Israel a cometer crimes de guerra Physicians for Human Rights - CC 2.0

Crianças palestinianas poderão ter forçado Israel a cometer crimes de guerra, ao permitirem que dois Jihadistas se escondessem dentro da sala de aulas, numa escola da ONU, na Faixa de Gaza.

O exército Israelita foi assim forçado, contra-vontade, a bombardear toda a escola, num acto de legítima defesa preventiva que matou dezenas de estudantes. As crianças sobreviventes irão agora responder perante o Tribunal de Penal Internacional, sendo acusadas por Israel da prática do crime de incitamento a crimes de guerra, porquanto alegadamente terão previamente combinado todo este esquema com os Jihadistas, com o objectivo único de levar Israel a cometer crimes de guerra. A ideia seria conseguirem assim que Israel lhes desse razões que lhes permitissem fazer propaganda anti-guerra e anti-Israel, por todo o mundo.

Comentários via Facebook

Deixe um comentário

Formulário de comentários para utilizadores registados e não registados. Campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios. O email fornecido não será publicado. A submissão de comentários implica a aceitação dos termos e condições do site. Os comentários publicados vinculam apenas a pessoa que os emitiu.

Céu parcialmente limpo

5°C

Lisboa

Céu parcialmente limpo

Humidade: 100%

Vento: 1.61 km/h

  • Parcialmente nublado
    03 Jan 2019 9°C 3°C
  • Parcialmente nublado
    04 Jan 2019 11°C 5°C